Blog da Campanha do Zequinha Marinho

Um Homem de Luta e de Fé

segunda-feira, agosto 14, 2006

Projetos para o Pará - Parte I

Sul do Pará

O Estado do Pará está dividido em 3 grandes regiões: norte e nordeste, em que se concentram a Capital e a grande população do Estado com enorme potencial produtivo e turístico. A região oeste e sudoeste, que tem como pólos as Cidades de Santarém, Itaituba, Monte Alegre e toda a beira do Rio Amazonas; Altamira, na Transamazônica, e todo aquele corredor muito esperançoso. Temos também as regiões sul e sudeste.

A região oeste, principalmente a linha da BR-163, a conhecida Cuiabá-Santarém, vive na expectativa da sua retomada econômica com o novo modelo de gestão florestal que o Governo aprovou no Congresso Nacional.

Nossa expectativa é a de que o Ministério do Meio Ambiente e demais Ministérios relacionados com essa atividade possam retomar suas ações para voltarmos a ter geração de emprego e renda naquela região.

Um dos compromisssos de nossa campanha é continuar o diálogo com o Governo Federal, a fim de que nos ajude a dar um passo à frente, considerando o grande potencial existente, viável técnica e economicamente, das regiões sul e sudeste do Estado do Pará, compostas por 38 Municípios com cerca de 1 milhão e 350 mil habitantes distribuídos numa área de aproximadamente 284 mil quilômetros quadrados e das demais regiões.

Hoje a atividade econômica daquela região está baseada na pecuária de corte e de leite. Lá o rebanho é de 13 milhões de cabeças; em torno de 9 frigoríficos abatem 7 mil e 500 cabeças de gado por dia; existem cerca de 20 indústrias de laticínios; madeira manejada por diversas madeireiras ainda existentes naquela região; fantástica província mineral compreendida pelo Pólo Carajás, onde grande quantidade de minério de ferro, cobre, níquel, ouro e outros minérios é explorada. Há ainda a pesca artesanal de rios - Rio Araguaia, Rio Tocantins, lago de Tucuruí -, além do importante pólo de ferro-gusa na cidade de Marabá.

A economia daquela região está baseada na terra, assim como, na agricultura familiar. A maior superintendência do INCRA está localizada na cidade de Marabá e atende 41 Municípios da região. Há mais de 400 projetos de assentamento com quase 70 mil famílias assentadas.

Além do que já existe, temos potencial de crescimento baseado no turismo de aventura, fantásticos rios, praias e o Lago Tucuruí, que é muito grande, em face da hidrelétrica. A região do Rio Xingu também é deslumbrante e recebe turistas do Sudeste e do Centro-Oeste na época da estiagem, que chamamos de verão, no mês de julho.



















Para o trabalho continuar

Vote 2020